Praticar a Abundância

No espírito da abundância vivemos a fé de que haverá sempre mais do que suficiente para todos, que o universo conspira para encher os copos de todos e cabe nós apenas alinharmo nos energeticamente com essa abundância interior.

 A imensidão do Universo, a riqueza dos recursos naturais da Terra, a máquina perfeita que é o ser humano, as órbitas matematicamente alinhadas dos Planetas e a simbologia esotérica dos mesmos na explicação do propósito existencial do ser humano, a força, beleza e equilíbrio da mãe Natureza, o calor do Sol, o impacto que tem o amor incondicional .. enfim, estas e outras evidências provam-nos todos os dias que o Universo é abundante e rico por natureza.

 Ou seja, a máquina cósmica está permanentemente a conspirar para encher o nosso copo das mais variadas maneiras.

Consciente e apoiada por este processo amoroso e sagrado, a nossa alma flui pela vida sabendo que tem o poder permanente de manifestar essa mesma abundância e sabe a diferença entre abundância interior e exterior pois algumas situações irão alimentar uma outras a outra. Essa é a base da experiência na dualidade.

Sabe que nada se perde e nada se ganha mas apenas se experiencia e transforma nas vertentes positivas ou negativas de acordo com a filosofia dos antigos Mestres Taoístas, Yin e Yang.

No espírito da abundância vivemos a fé de que haverá sempre mais do que suficiente para todos, que o universo conspira para encher os copos de todos e cabe nós apenas alinharmo nos energeticamente com essa abundância interior.

Por ter consciência da natureza energética de toda a realidade, a alma sabe que a nossa realidade interior, sejam emoções, pensamentos, crenças ou frequências, se irá materializar no exterior, dando-nos a oportunidade de as experienciarmos na vertente do dador e do receptor, pois só assim, eventualmente, as podemos equilibrar dentro de nós.

É natural então que as experiências de quem vive a partir da alma sejam vividas como bênçãos que SEMPRE trazem algo de positivo e que sempre vêm encher o nosso copo. Seja de aprendizagens ou de sabedoria.

O que procura?

Comentários