O que é isto da consciência?

A consciência é apenas e só, viver de uma forma autêntica .

Por aqui, somos bastante práticos, tentamos desmistificar de uma forma simples o que é a consciência, e quando estou em consulta e explico o que é isto da consciência, num resumo claro, uso uma frase do Paulo Freire: “É fundamental diminuir a distância entre o que se diz e o que se faz, de tal forma que, num dado momento, a tua fala seja a tua prática.”

O que quer isto dizer, é simples, tão simples que até parece difícil... O ser humano e o seu caráter manifesta-se não no que diz, não no que pensa, não no que sente, mas sim, nos comportamentos que tem, ou seja, a consciência é apenas e só o pensamento, alinhado com a comunicação, e acima de tudo com o comportamento.

Difícil, sim, pois culturalmente as pessoas estão habituadas a viver por trás de uma fachada, e mostrar o miolo, o âmago é muito difícil, uma vez que não é o que se ensina a nível dos comportamentos, isto é, verbalmente dizemos às crianças, não podes mentir, não podes dizer mal das pessoas... mas depois numa base diária e regular as crianças veem os pais a mentir, como por exemplo , estarem atrasados e dizerem que estão no meio do transito (quando não há transito, isto a um nível básico), ou então a ser muito “amigos” de alguém que quando os apanham pelas costas, dizem coisas que não teriam coragem para dizer na frente, obviamente que enquanto adultos essas crianças, não vão fazer o que os pais dizem, mas sim mimetizar o comportamento dos pais, repetindo deste modo o padrão de falta de consciência.

A consciência é apenas, e só, viver de uma forma autêntica sem fachadas e com responsabilidade sobre o comportamento que se tem, pois em ultima análise o maior julgamento é sempre o nosso com o nosso eu.

Para conseguir explicar-me melhor, vou usar um exemplo mais abrangente, e que toca a bastantes pessoas. No caso, tanto pode ser um homem ou uma mulher, que é independente, tem filhos, mas é divorciada, e por vezes apetece- lhe companhia. Se for uma pessoa que não quer um relacionamento, quer dizer que pode até ter um caso com alguém, se tiver consciência e se tiver a cabeça (o que pensa) alinhado com o que diz e com o que faz, naturalmente que se esta pessoa for “apanhada”, vai assumir a sua responsabilidade e afastar-se da pessoa que supostamente é casada.

Agora o mesmo exemplo, mas a pessoa em causa, quer um relacionamento, mas permitiu-se a ter uma relação com outra pessoa, mas, esta tem um compromisso, à partida o nível de consciência já está menor, pois se queremos ter um relacionamento à partida não devemos envolvermos com pessoas que já teem o que nós também ambicionamos... certo?

Mas partindo do principio que a outra pessoa mente, a dizer que não tem ninguém, até se pode dar o caso de se apaixonar efetivamente por alguém casado, mas quer dizer, se o foco será ter o relacionamento, vamos querer ligar à noite e a pessoa não atende, no fim de semana igual, e uma pessoa adulta, pode até perceber isso durante um mês, dois, mas ao fim desse tempo se não quer ver é porque não quer, e ai começa a falta de consciência, a falta de alinhamento.

Pois esta pessoa que quer o relacionamento, mas que se permite ser “amante”, se for descoberta, vai ficar louca de raiva e dizer várias coisas para se tentar defender, pois não se vai responsabilizar pelo comportamento que teve e que a própria pode até mesmo nem concordar, então mente a si própria para conseguir sobreviver à dor que a própria deixou-se infligir.

Resumindo, consciência do que se quer, verbalizar exatamente isso e o comportamento alinhado com estas diretrizes, partindo deste principio, o ser humano pode tudo o que quiser, e tudo será normal, desde que a consciência exista, para que quando a fatura ou o dano colateral de qualquer comportamento que se teve, chegar, paga se , sem culpa nem vergonha, pois temos a consciência que é normal as pessoas dizerem ou reivindicarem alguma coisa, pois efetivamente tivemos um comportamento que levou aquela cobrança.

Autora
Joana Dias
E que bom que é, e que bem que sabe.

Consultas Diárias, presenciais e on-line.

Contactos
916123422
Tarot Terapêutico BY JD (FaceBook) diasjoana77@gmail.com www.terapiasbyjd.com.pt

artigo do parceiro:

O que procura?

Comentários