Dia da mulher: Mulher e Deusa

Por Vera Bilé

Mulher Deusa,

Escuta o corpo

Liberta energia

E sente a fusão cósmica...

O corpo ondula

O mar avança

A mente expande

O espírito Dança

A sensação invade

E a beleza cresce

O movimento expressa

O gesto emerge.

O cabelo ao vento

O sorrir do olhar

Sem espaço nem tempo

Ela vai DANÇAR.

Mergulha no Centro

Nutre a mente

Ondula o corpo

E sente o som do Oriente...

Em tempos de mudança e vivencias sem tempo, escasseia o prazer, a sensação, e muitas vezes a vontade.

Em tempos agitados e de mares revoltos, o corpo não descansa, a mente não pára e não consegue pensar.

Em tempos de correrias loucas, a alma cansa-se de ser contrariada e mostra ao corpo que tem que parar, diz à mente que precisa ouvir, aconselha corpo e mente a escutar e observar.

A alma aconselha a mente a focar-se na vibração de cada som, de cada palavra.
A alma pede ao corpo que dance ao ritmo de cada nota e de cada cultura,
A alma pede ao corpo que cubra a sua nudez com o traje adequado a cada momento, a cada sensação.

A Deusa, que alberga vida , sussurra ao corpo que dance, que ondule, que cresça e se expanda.

A Mulher que se ama pede aos ouvidos que se encantem nas melodias da poesia, que viaje nos sons ancestrais, que sinta cada som como uma vibração única.

A DEUSA MULHER mergulha num lago de alegria, num mar de cores e viaja num rio de momentos.

A MULHER DEUSA E DEUSA MULHER... Funde-se numa só!

Segue os sons das palavras, a vontade do seu corpo, a vibração da sua voz e vem...

Sentir a vibração da massagem poética e escutar os ritmos da Dança Oriental.

Conheça a Massagem Poética na próxima página

O que procura?

Comentários