Helena Petrovna Blavatsy

Fundadora da Sociedade Teosófica e reconhecida por abordar a realidade espiritual de uma forma científica.


Origens de Helena Petrovna Blavatsky (H.P.B.)


H.P.B. grande pioneira, filósofa, cientista, investigadora e escritora. Fundou a Sociedade Teosófica e contribuiu de forma significativa para a criação de uma linguagem que permitisse a abordagem da realidade espiritual de uma forma científica. Helena Petrovna Hahn, (o nome Blavatsky adveio-lhe de um matrimónio que a contra-gosto, celebrou aos 17 anos) nasceu a 31 de Julho de 1831, em Ekaterinoslav, no Sul da Rússia. De nobre ascendência social, era neta da princesa Elena Dolgouroki; contudo, terminou os seus dias em precária situação financeira, devido às grandes somas que canalizou para a obra teosófica, bem como à sua vida peregrina e aventureira. Viajou um pouco por todo o mundo buscando experiências, conhecimentos e contactos que se vieram a revelar como preciosos e indispensáveis para a magna tarefa a que se dedicou. Grã-Bretanha, França, Itália, Alemanha, Bélgica, Turquia, Estados Unidos da América, Canadá, México, Perú, Palestina, Egipto, Pérsia, Sri Lanka, Índia e Tibete foram somente alguns dos locais onde passou partes da sua vida. Partiu deste mundo (físico) no dia 8 de Maio de 1891, em Londres, serena e lucidamente. Os 60 anos da sua existência parecem conter muito mais do que poderia caber em 60 vidas ordinárias.

A Sociedade Teosófica


Em 1875, juntamente com Henry Steel Olcott, prestigiado coronel americano que havia conhecido um ano antes, e com um pequeno grupo, formou a Sociedade Teosófica, cuja sede foi inicialmente em Nova Iorque, mas que, pouco depois, se transferiu para a Índia onde ainda hoje se mantém. A Sociedade tem actualmente secções nacionais em 47 países, entre os quais Portugal, desde 1921, e os seguintes objectivos:

  • Formar um núcleo de Fraternidade Universal da Humanidade, sem distinção de raças, crenças, sexo, casta ou cor.
  • Promover o estudo comparativo das Religiões, Filosofias e Ciências.
  • Investigar as leis inexplicadas da Natureza e os poderes latentes no homem.

Veja a continuação do artigo na página seguinte

O que procura?

Comentários