O princípio da vibração

Toda manifestação de energia, seja esta no nível da matéria, do pensamento, emoção, vontade, desejo, amor, raiva é construída através de vibrações

"Tudo o que você percebe tem uma vibração relativa dentro de você. Quem é rápido em ver e julgar o mal em outras pessoas tem a semente do mal dentro de si mesmo. O buscador de Deus, com o seu puro e alto tom vibracional, está sempre atento à fagulha divina em tudo aquilo que entra em contato, e a vibração de sua alma magnética gera uma maior intensidade vibracional àqueles que estão ao alcance do seu campo de vibração"
- Paramahansa Yogananda -

O terceiro Grande Princípio Hermético é o Princípio de Vibração. Para entender esse princípio, podemos começar a refletir na polaridade existente entre espírito e matéria. O espírito está em um pólo de vibração e a matéria no outro pólo. Entre esses dois pólos se encontram milhões de escalas e modos de vibração. Partamos do princípio que tudo o que existe no Universo, seja no plano da matéria ou do espírito e se propaga através de vibrações. Essas vibrações são propagadas com maior ou menor amplitude, de maior ou menor freqüência constantemente em todo Universo, que o mantém em movimento. Ou seja, tudo está em movimento e em vibração constante. O Universo vibra com tamanha intensidade, possui um grau de vibração tão infinito e rapidez que parece estar parado. Matéria e energia se diferenciam apenas no modo de vibração. A freqüência vibratória é medida pelo número de vibrações por segundo, ou seja, a diferença entre dois tipos de matéria é apenas uma questão de tempo.

Por exemplo: a madeira tem um tipo de vibração diferente da pedra, isto se dá devido à diferença de vibração que as compõe. Se pudéssemos interferir nas freqüências vibratórias de cada coisa, poderíamos transformar uma pedra em madeira, por exemplo. Essa é a verdade fundamental do Absoluto, uma das chaves ocultas da composição da matéria. Todas as partículas de matéria, desde os átomos até a manifestação do Universo, estão em movimento circular. Os planetas giram em torno dos sóis e em seus eixos, todo o Universo gira em círculos, até as moléculas em seus estados de constante movimento e vibração giram umas ao redor das outras. O Campo de Energia Universal é considerado pelos hermetistas uma manifestação elevada de energia acima da matéria. Como já foi dito essa substância etérea da qual é feito o Campo de Energia Universal é extremamente elástica e fluida, interpenetra tudo o que existe no Universo e funciona como um meio de transmissão e um elo de união de ondas de vibração, tais como o calor, a eletricidade, a luz, o som, o magnetismo. Há um exemplo no livro dos mistérios chamado “O Caibalion” que diz o seguinte:

Observemos um objeto que gira em uma certa velocidade. Imaginemos que ele se move lentamente, e dessa forma podemos vê-lo claramente. Quando aumentamos gradualmente a velocidade de seu movimento, podemos ouvir um som baixo, uma nota baixa. Se a velocidade é aumentada ainda mais, a nota sobe mais e mais na escala musical e se ouve o som mais nitidamente. Dessa forma, a cada aumento de velocidade, ouve-se uma nota acima da escala musical, subindo cada vez mais conforme o movimento é aumentado. Até que por fim a última nota que conseguimos ouvir é alcançada, soa um som agudo que vai morrendo suavemente e em seguida vem o silêncio. Nenhum som mais é ouvido de tão elevada que é a freqüência vibratória. Nossos ouvidos humanos não conseguem mais detectar o som emitido. Em seguida começamos a perceber a elevação da temperatura do objeto e percebemos a cor vermelha que vai clareando conforme o grau de vibração aumenta, em seguida vem o laranja, o amarelo, o verde, o azul, o anil e finalmente o violeta, conforme a velocidade for aumentando. Finalmente a cor desaparece e nossa vista humana não registra mais nenhuma das cores, mas existem raios invisíveis e mais sutis que emanam do mesmo objeto. Esses raios são os usados na fotografia, em seguida os raios X, a eletricidade, o magnetismo, até que o objeto atinge um grau de vibração tão elevada que suas moléculas se desintegram e giram por si mesmas nos átomos, que são por sua vez desintegrados e transformados nos pequenos corpúsculos que são formados. Finalmente esses corpúsculos desaparecem e chegamos à composição da substância etérica. Os hermetistas afirmam que se continuássemos elevando continuamente a vibração do objeto sucessivamente, chegaríamos a manifestações mentais em direção ao Espírito e este reentraria finalmente no Todo, que é o Espírito Absoluto. Assim aprendemos no Caibalion, com seus ensinamentos herméticos, que estão muito além do que a ciência tem conseguido comprovar, nos diz:

Toda manifestação de energia, seja esta no nível da matéria, do pensamento, emoção, vontade, desejo, amor, raiva, ou qualquer que seja, é construída através de vibrações e dessa forma, podemos, volto a insistir, com um persistente trabalho de autoconsciência, mudar a nossa frequência vibratória.

Texto: Eunice Ferrari

eunice.ferrari@sapo.pt

www.facebook.com/euniceferrariastrologia

artigo do parceiro: Susana Krauss

O que procura?

Comentários