Entrada de Vénus em Escorpião

De 24 de Setembro a 18 de Outubro de 2016: Este ciclo devolve uma oportunidade incrível de transformação das formas manipulativas de como tentamos ou ajustarmo-nos, ou controlar os outros para obtermos a suposta qualidade que queremos concretizar nas nossas relações.

Vénus anuncia na nossa vida, a capacidade de estar em relação com os outros, ensina-nos a denunciar o que tem ou não qualidade para nós.

Através de Vénus os espelhos são-nos devolvidos para reconhecermos primeiro a nossa incapacidade de estar em relação, com aquilo que não desejávamos.

Ao nível do crescimento da aceitação da diferença, buscamos nos espelhos apenas aquilo que nos dá prazer, segurança, inconscientemente rejeitamos as pessoas, as circunstâncias, as experiências onde ainda vamos classificar, julgar, fugir daquilo que não queremos sentir.

No movimento de Vénus, verdadeiramente iniciamos o aprendizado do amor. As vias desse crescimento são várias, mas na verdade, ao nível do inconsciente, o movimento inicia-se com a recusa de estar perante a experiência que não é a realidade concreta que queremos atingir, ao nível da realização e bem-estar pessoal.

Quando somos confrontados com os desafios que nos ajudam a contactar, de uma forma mais íntima, mais real, mais concreta ao nível sensorial, um contacto mais interno, na verdade é aqui que entramos no movimento de evolução, de transformação através dos espelhos na nossa vida.

Este ciclo devolve uma oportunidade incrível de transformação das formas manipulativas de como tentamos ou ajustarmo-nos, ou controlar os outros para obtermos a suposta qualidade que queremos concretizar nas nossas relações.

O que procura?

Comentários