Urano

Podem começar a quebrar todas as normas e regras que aprenderam com Saturno na estória anterior, porque estamos prestes a entrar no reino de Urano.
Romper as barreiras dos preconceitos, aceitar a diferença individual em função do colectivo, renovar normas estabelecidas. É disto que o planeta regente do signo de Aquário, gosta e foi esta uma das prendas que trouxe à Humanidade.

Mal se começa a estória logo nos deparamos com um dado interessante e significativo para a simbologia astrológica deste planeta. E pensando nisso sorrio enquanto imagino a cara do funcionário da Conservatória lá do Olimpo, a pensar como haveria de explicar às chefias que este novo Deus não tinha progenitores conhecidos ou, melhor dizendo nem mesmo desconhecidos…como haveria ele de preencher a certidão de nascimento? Decidiu-se então que este recém- chegado não haveria de ter nem pai nem mãe.

Bem, o facto é que a falta de figuras de vínculo parental pode ter sido determinante na construção da personalidade deste Deus revolucionário e de alto sentido de grupo. Daí lhe terá vindo a facilidade em cortar laços ancestrais? E a facilidade com que se estabelecem novas amizades e novos projectos se protegidos pelas suas bênções?

Para saberem um pouco da sua história e do seu complexo relacionamento com os seus filhos que levou à revolta do seu filho mais novo, Saturno, podem sempre recorrer à crónica anterior, onde se relata a castração do pai, pelas mãos do filho que deitou os despojos de tal acto ao mar.

Das gotas que caíram na terra nasceram umas criaturas muito desagradáveis, criaturas de maus intestinos, gigantes sem pingo de humanidade e outras figuras tenebrosas , mas dos despojos que caíram no mar formou-se uma espuma da qual nasceu Vénus( ou Afrodite, conforme preferirem), cena muito bem ilustrada por Boticelli uns anos mais tarde e todos bem conhecemos.

Da vida de Urano, pouco se sabe a não ser que a lenda diz que teria sido o primeiro dos Reis da Civilização Atlante e que foi um excelente astrónomo e astrólogo,( o que é uma redundância porque, caso não saibam, por aquelas alturas e durante muitos e muitos anos estas duas artes eram uma só). Diz-se também que era muito hábil nas suas previsões e que foi o inventor do primeiro calendário.
Para quem esperava as cenas costumeiras nestas crónicas de mitologia ligth, contando amores e desamores, raptos e maldições e afins, vai voltar a casa decepcionado.

Ao que parece Urano estava demasiado entretido a tentar perceber como ensinar os Atlantes a construir uma sociedade mais justa e equilibrada, e por isso lhe sobrou pouco tempo para se envolver com mortais e menos ainda com deusas de grande beleza mas de difícil temperamento. E nem sequer para os seus filhos tinha grande paciência…lembrem que preferia mantê-los encerrados do que lidar com as suas diabruras.

Agora que se divertiram um pouco com as suas desavenças e já conhecem o infeliz desfecho do seu mandato governativo no Olimpo, marquem a vossa sessão de aconselhamento astrológico e fiquem a saber mais sobre o posicionamento de Urano no vosso mapa natal.

Conforme o seu posicionamento por signo e por casa e pelos aspectos que fizer com outros planetas, que é outra maneira de dizer como ele se relaciona com as outras partes de si, saberá onde está a sua semente de mudança, tantas vezes limitada pela sua parte Saturnina, aguardando o seu cuidado para que possa manifestar-se.

Lembre que na história da castração de Urano por Saturno, nasceram criaturas terríveis mas também nasceu a Deusa do Amor, Vénus.
No fundo a escolha é sua, e que melhor forma de cuidar de qualquer semente do que lhe conhecer a natureza?

Carmen Ferreira AstrólogaTel: 225028162 / 916324459

969607594 / 939224361 nemsodelua@gmail.com

http://nemsodelua.blogspot.com

O que procura?

Comentários