Leão

Adrian Duncan apresenta as suas previsões anuais

O ano passado foi marcado por uma série de desafios no lar e vida familiar, e embora haja eventos recorrentes ligados a questões domésticas não resolvidas de meados de Junho a meados de Setembro, isto só revela que um antigo problema doméstico exige um pouco mais de esforço para ser resolvido. Tem de acalmar o excesso de confiança e reafirmar um compromisso com alguém que reaparece na família. A primeira parte de 2015 é um período muito emocionante e positivo para si, e uma excelente altura para alagar os seus horizontes, através de viagens ou interação cultural e educacional.

Nesta questão, o início de Abril é dramático, pois o apelo de espaço e liberdade é quase irresistível, talvez porque esteja saturado da sua situação no trabalho, o que pode esgotar a sua energia. Em meados de Agosto, Júpiter sai do seu signo, onde tem estado desde Julho do ano passado, assinalando o final de um período de confiança e expansão, e o início de um período de foco nas suas finanças, talentos e capacidades práticas. Setembro e Outubro são muitos importantes a este respeito, pois surgem algumas circunstâncias caóticas relacionadas com dívidas, contas ou economia partilhada.

Tem de trabalhar muito para desembaraçar os nós, sobretudo se tiver sido enganado por esquemas de riqueza rápida. Tome cuidado. Os desenvolvimentos mais importantes nas relações este ano estão ligados às crianças, em que você assume mais responsabilidade. O que também pode afetar a sua vida romântica. A confiança aumenta e diminui à medida que você trabalha a sua auto estima, sobretudo no final de Novembro, quando pode ser difícil consolidar as coisas, talvez porque os outros não são de confiança ou têm algum problema difícil de resolver. O que também pode afetar a sua vida social (sobretudo no final de Maio) e a sue necessidade de se expressar criativamente (sobretudo em finais de Novembro e Dezembro).

Tradução do Projecto Alexandra Solnado – Terapia da Alma

www.alexandrasolnado.com

artigo do parceiro: Adrian Duncan

Comentários