Caranguejo

Adrian Duncan apresenta as suas previsões anuais

A mudança mais notória no início de 2015 começa com um novo foco na maneira como funciona na sua vida diária. Trabalhar em questões de saúde e boa condição física é uma boa ideia para lhe dar mais estrutura ou bases. Começa agora um período de 2 ou 3 anos em que tem de criar ordem no trabalho e com os colegas. 2015 vai ser um desafio, porque inicialmente, e sobretudo no final do ano, há uma considerável desordem que pode dar-lhe a sensação de estar num navio a afundar.

O truque é trabalhar no que o inspira, em vez de se tornar num escravo do mercado. Pois apesar de tudo há emocionantes oportunidades profissionais, sobretudo em Março e no início de Abril, se estiver preparado para correr riscos e trabalhar com pessoas e ideias inovadoras. Nesta altura, quanto mais pensar “fora da caixa”, mais a sua economia se vai expandir – talvez de forma drástica. Não conte necessariamente com o apoio das pessoas; tem de agir com a coragem das suas próprias convicções.

Julho e Agosto são também meses de boa sorte financeira, em que recebe os benefícios dos seus investimentos e alianças com grandes jogadores, e é a sua última oportunidade para aproveitar a benéfica influência de Júpiter na sua casa dos recursos. Mas lembre-se, se muito dinheiro lhe aparecer no caminho, há restrições impostas, e os parceiros e crianças em particular vão garantir que se vai comportar de forma responsável. Não é a altura de comprar um Ferrari.

Na segunda metade de 2015 tem de se concentrar em melhorar as suas capacidades, a nível de educação e organização. Uma tendência fortemente acentuada em Outubro, um mês muito construtivo para si. Definitivamente este é o momento de se agarrar aos livros, ao seu professor ou ao computador e começar a aperfeiçoar as suas capacidades. Você tem uma capacidade extraordinária de planeamento e para entrar em detalhe nesta altura.

Tradução do Projecto Alexandra Solnado – Terapia da Alma

www.alexandrasolnado.com

 

artigo do parceiro: Adrian Duncan

Comentários