3 conselhos de especialista que despertam a libido e fazem aumentar o desejo

Maria do Céu Santo, médica ginecologista, partilha algumas das estratégias e recomendações que indica nas suas consultas de especialidade. Tire partido delas!

1. Invista na massagem

As massagens caseiras a dois podem ser estimulantes. «Por exemplo, durante a gravidez, quando o casal não tem relações e começa a instalar-se um conflito, recomendo, inicialmente, que o homem aplique creme hidratante, uma vez por semana, na zona da coxa da mulher», começa por dizer Maria do Céu Santo.

«A massagem deve ser estimulante, sensual e não relaxante», sugere. «Na consulta seguinte, recomendo que  vão mais além, três vezes por semana. Cerca de 90% dos casais acabam a fazer amor», assegura a especialista.

2. Jogue uma de indiferença quanto baste

Dar para trás é uma das regras da aproximação que mais resultam. «O facto de o homem andar atrás da mulher diminui a libido dela», justifica a especialista. «Aconselhei a 10 homens que afirmavam que as mulheres, minhas pacientes, tinham diminuição da libido que fingissem que não lhes apetecia fazer amor, que só lhes dessem beijos na rua», refere.

«Em casa não, porque elas pensariam que eles quereriam fazer amor. Foram sete as mulheres que se queixaram que os maridos não lhes ligavam e o resultado foi o aumento da libido delas», assegura ainda a especialista.

3. Tente uma provocação subliminar

É mais uma das técnicas de sedução a que pode recorrer. «Às mulheres que dizem que são invisíveis para os maridos aconselho que comprem lingerie estimulante mas não a vistam. Ponham-na na cadeira do quarto», sugere Maria do Céu Santo. O mais certo é ele começar a pensar algo do género «Se não é para mim, é para outro. Namorar é um jogo de sedução», acrescenta a especialista.

Texto: Nazaré Tocha e Carlos Eugénio Augusto com Maria do Céu Santo (médica ginecologista e coordenadora do Núcleo de Medicina Sexual da Sociedade Portuguesa de Ginecologia)

artigo do parceiro:

Comentários