Dormir sozinho pode salvar a sua relação

Todos sabemos que uma noite mal dormida tem consequências graves no nosso bem estar físico e mental. Como consequência, a privação de sono pode também levar a mais discussões entre casais, indicam especialistas.

Mais feliz e livre - Imagine a sensação de estar nu nos lençóis. Só de pensar sabe bem. Não ter um sutiã apertado ou um elástico à volta da cintura é meio caminho andado para se sentir mais livre e feliz.

créditos: DR

Um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh revelou que o facto de dormirmos poucas horas por dia e estarmos mais cansados pode ter um efeito negativo na nossa vida conjugal. Mas de que forma é que isto afeta a pessoa que dorme ao nosso lado?

“O estudo revela que para os homens, a falta de descanso leva a que haja mais problemas conjugais com o seu parceiro no dia seguinte. No caso das mulheres acontece o inverso: os problemas conjugais entre o casal podem levar a que a mulher durma menos” afirmou a cientista e psicóloga Wendy Troxel num artigo publicado pela ABC News. “Estas interações podem criar um ciclo vicioso, potenciando menos horas de sono e uma relação mais angustiante”, concluiu.

Mas como é que se contorna este problema? A solução pode passar por começar a dormir sozinho. Alguns estudos sobre o tema revelaram que os casais que dormem em camas separadas descansam mais do que quando partilham a cama com alguém.

Para a especialista Wendy Troxel, os seres humanos precisam de se sentir seguros e protegidos durante a noite, daí procurem dormir acompanhados. Mesmo que isto possa provocar uma má noite de sono.

Comentários